50 anos, mas com cabeça de 35? Livro ensina a receita

Por Tati Wuo – Jornal A Gazeta – 10/08/2009

Ter 50 anos, mas com cabeça de 35? Sim, isso é possível e parece acontecer cada vez mais. Mas a pressão do tempo, que insiste em cair sobre todos nós, meros mortais, pode ser aliviada se soubermos como manter a mente ativa. É o que ensina o livro “Pense Jovem”, de Tim Drake e Chris Middleton, que acaba de chegar às livrarias.

Na obra, os autores pregam que a juventude está na forma de pensar. E mais: ensina um teste para saber a verdadeira idade do seu cérebro e depois dá indicações de estratégias para se manter jovem e disposto. “Ser jovem não tem só a ver com a idade. É ter curiosidade, empolgação. Isso é ótimo. São características do jovem que o ideal é manter a vida toda”, explica a psicóloga Angelita Scárdua.

Estimule seu cérebro

Nesse sentido, juventude é ter disposição para aprender, ter interesse em conhecer coisas novas, em desvendar. “Mas, por outro lado é importante haver o equilíbrio. Teoricamente, o passar dos anos, a experiência em termos de vivência, são importantes. O amadurecimento vai nos instrumentalizando, nos dando conteúdo e repertório emocional e cognitivo”, analisa.

Por isso, se você passa 50 anos fazendo o mesmo que fazia desde quando era mais novo, convivendo com as mesmas pessoas, seu repertório, segundo a psicóloga, vai ser pobre. “Nosso cérebro precisa de estímulos novos para continuar a desenvolver. Uma pessoa que faz sempre o mesmo tipo de atividade, vai aos mesmos lugares, empobrece a capacidade de renovação. Quanto mais a gente interage com o mundo, mais desenvolvemos nossa capacidade de responder aos estímulos”, completa.

E essa abertura existe desde criança. “Somos mais abertos quando mais novos do que quando adultos e idosos. O próprio ritmo da vida favorece essa diversificação. Enquanto não temos contas para pagar, podemos correr mais riscos. Mas, mesmo com as obrigações, é preciso encontrar formas e maneiras de continuar se surpreendendo”.

E tudo isso com o pé no chão. “Ser um garotão e uma gatinha para sempre é uma ilusão, porque o tempo é implacável e é para todo mundo. É essa capacidade de renovação que vai garantir a juventude mental em todas as fases da vida”, conclui.

Eu acho que minha idade mental é 30 anos. Mesmo assim eu nãome sinto incomodado coma minha idade real. Acho que praticar esportese ser curiosoé a receitada juventude” José Bouvie 53 anos

Siga as dicas do livro

Receita. De acordo com o livro, “Pense Jovem”, a receita para a juventude é cuidar do corpo e manter a mente sã.

Idade. Envelhecer tem mais a ver com seus pensamento do que com sua aparência. Em qualquer idade você pode pensar jovem e deixar de pensar como um velho.

Amadurecimento. Sabedoria não é apenas a experiência que se adquire com a idade. Todos nós nascemos com uma sabedoria natural: a sabedoria da juventude.

Questionamentos. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Você começou a se afastar do resto da sociedade por causa da idade? Você diz coisas como “na minha idade, não conseguiria fazer isso”? Se sim, é hora de começar a mudar.

Se eu quiser usar uma saia curta, vou usar” . A arquiteta Marise Couto, 55, segue à risca o que diz a psicóloga Angelita Scárdua. “Com certeza eu me sinto com uns 40 anos“, brinca a carioca que mora há 16 anos no Espírito Santo. Sem uma rotina fixa, ela divide seu tempo entre trabalho, praia, onde joga frescobol, passeios de bicicleta e saídas com os amigos para dançar. “Eu sou uma pessoa que não tenho as formalidades impostas pelo meio que eu vivo, não acho que tenho que de ser de um jeito só porque tenho 55 anos. Se quiser usar uma saia curta eu vou usar“, dispara. Bem-humorada, ela conta que suas amizades são mais novas por conta desse seu jeito mais moleca. “Não me preocupo com o que as outras pessoas vão dizer. Ninguém paga minhas contas, então eu procuro proceder da forma que eu entendo que é bom pra mim“, afirma.

A idade não me preocupa. O espírito é jovem” O apelido de Dorival Bastos é Carioca. Ele tem 62 anos, já é aposentado, mas nunca deixou de trabalhar. “Não consigo ficar parado“, avisa. Por isso, para agitar ainda mais o dia a dia, corridas na praia, saídas para dançar e, é claro, um bom futebolzinho. “Isso é uma coisa que eu gosto de fazer desde bem novo, desde os 14 anos“, lembra. Viúvo, Carioca tem três filhos (dois meninos e uma menina) e prepara-se para ser avô. Mas nada que abale sua jovialidade. “A idade não me preocupa. Acho que a gente amadurece mais, aprende o sentido das coisas, mas seu espírito continua sendo jovem. A minha vida é a mesma, até meu jeito de vestir“, conta.

Me sinto com 35 anos e faço por onde. Caminho, vou à academia, viajo bastante, procuro me manter ativa. Estar perto de pessoas jovens também ajuda, sair com os filhos, ir a boates. Sempre em família“.  Modesta Bouvie 54 anos

Leia sem parar
Pense Jovem
Tim Drake e Chris Middleton.
Editora Ediouro. 256 páginas
R$ 34,90, em média
Saiba mais: http://www.pensejovem.com.br

Imagem: “Que horas são?” por Ranko Djurovic, em 1x.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s